Pasar al contenido principal

Centenas de mascarados invadiram as ruas de Bragança

rmação Regional 25 de Fevereiro de 2020

 

Milhares
acompanharam
na rua a
passagem dos
caretos e a
queima do diabo
no castelo
Olga Telo Cordeiro
Em Bragança, cerca de
900 mascarados encheram,
no sábado, as ruas da cidade
de cor, travessuras e folia.
O Carnaval dos Caretos
incluiu grupos de mascarados
de Portugal e Espanha,
bem como alunos de escolas
e utentes de IPSS vestidos a
rigor, com fatos de caretos.
A variedade e animação
das típicas figuras das festas
de inverno fizeram as delícias
dos que quiseram assistir,
tanto visitantes como locais,
como é o caso de Sara Alves,
que agora a residir lá fora vê
com outros olhos o tradicional
carnaval.
“Antes tentava vir sempre,
mas como agora vivo no estrangeiro,
este ano, por acaso,
calhou vir. Já sentia falta
destes rituais tão pagãos
e transmontanos”, contou.
Manuel Cunha, um turista
de Lousada, disse que esta foi
“a primeira vez” que veio nesta
época a Bragança para “conhecer
a tradição” e “ver como
era”. Achou “muito engraçado,
com os trajes, diferente
do normal, vale a pena”
e garante que “superou as
expectativas”. Laura Martins
ma do diabo como a parte de
que mais gosta.
O desfile partiu do centro
da cidade e dirigiu-se para
o castelo, onde o diabo de
6 metros de altura, a representar
“Morte, Diabo e Censura”,
foi queimado.
Segundo António Tiza,
presidente da Academia Ibérica
da Máscara, esta edição
do Carnaval dos Caretos
foi muito participada. “Provavelmente
foi um dos mais
participados, em termos de
também é de Bragança, estuda
em Aveiro e diz que “este
ano foi bastante interessante,
para tirar fotografias está
uma luz muito bonita” e não
sabia “que havia um concerto
a seguir”, (de Sebastião Antunes
& Quadrilha), o que considera
ser um atractivo maior
no evento.
Verónica Lopes, de Lisboa,
já conhecia a tradição.
“É a segunda vez que venho,
isto é magnífico, lindo”, afirma,
dizendo que elege a queigrupos
de mascarados e, por
aquilo que me dei conta, de
assistência, acho que nunca
vi tanta gente a assistir ao
longo das ruas”, referiu.
Na tarde de sábado realizou-
se ainda a representação
do teatro “Um mistério no
Reino Maravilhoso”, encenado
por Acácio Pradinhos, da
Associação FISGA.
O programa do Carnaval
dos Caretos termina dia 26,
com a saída da “Morte, Diabo
e Censura”, uma tradição
da cidade.

entenas de mascarados desfilaram
no Carnaval dos Caretos em Bragança

 

 

Añadir nuevo comentario

Código de idioma del comentario.